fechar
wVlfnlTbRtK8eGvbnBZI_VolkanOlmez_005

Há uns dias atrás, com um milhão de coisas pra fazer mas sem vontade de fazer nenhuma delas, resolvi me render a preguiça e ficar em casa assistindo filmes. Passei pela lista dos meus preferidos no netflix e me deparei com um que chamou minha atenção “Ele não está tão afim de você”. O filme não é lançamento, mas me surpreendi por nunca ter prestado atenção nele. Ter assistido esse filme na minha adolescência teria me poupado algumas lágrimas e expectativas desnecessárias.

Vou exemplificar pra vocês o que estou querendo dizer, é mais ou menos assim: desde criança recebemos aquela informação de que se o amiguinho nos bate ou xinga é porque no fundo ele gosta da gente (senhoorrr!! Quem inventou isso merece um tapa na cara bem dado), se pararmos pra pensar é a mais pura verdade, crescemos com a ideia de que se o garoto não liga ou não aparece, alguma coisa aconteceu, o gato morreu, ele perdeu o celular, está no hospital em coma profundo, mas em hipótese nenhuma levamos em consideração que ele não quer nada com a gente, e por aí vai.

Assim se passa a história, uma garota louca para ter um relacionamento que procura incessantemente pela sua alma gêmea (quem nunca?!) e nesse tempo ela conhece um carinha que a ajuda a entender essa dinâmica.

Vai dizer que você não conhece a história da amiga de uma amiga que conheceu um carinha que no começo não queria nada com ela e depois de várias idas e vindas eles foram felizes para sempre?! Sinto informar que isso, no mundo real é raro, como no filme diz, é a exceção e nós amigas infelizmente somos a regra. Deixa eu explicar : se o cara no começo da relação é um babaca com certeza no durante e no depois ele vai ser um babaca. No nosso conto de fadas o sapo não se transforma no príncipe, quem tem que virar princesa  e mudar seu castelo é você.

Claro que existem exceções, mas vamos ser sinceras, você vai perder seu tempo pagando pra ver?  Depois de muito quebrar a cara nessa vida sou adepta da seguinte filosofia pra tudo : quem quer dá um jeito, sempre! Vamos pensar assim, lembra quando você era adolescente e tinha aquela festa que você não estava muito afim de ir mas sua amiga estava louca pra ir? Qual foi a sua desculpa? Minha mãe não deixou, minha mesada não dá, blá blá blá.  Agora lembra daquela, que você queria muito e não tinha como ir? Você deu um jeito não foi? Tenho certeza absoluta! É isso, quando queremos não tem jeito, fazemos acontecer e os homens nesse quesitos não são diferentes em nada de nós.

tumblr_mfv88kogZ21qbwxizo1_500

 

Então, o filme  mostrou algumas coisas novas além de reforçar minha teoria que não tem fórmula, regra ou dica que te faça fisgar aquela gatinho se ele não quiser. O melhor a fazer é fechar essa porta e abrir outra. Não vamos criar expectativas em cima de quem não merece e lembre-se: se tá difícil ou você está correndo atrás, é porque ele está correndo de você.

Super recomendo ele e não vou contar o final do filme pra não estragar a surpresa. Mas tenha certeza de uma coisa, ficar sozinha, ter um tempo pra você, ao invés de ficar correndo atrás de caras babacas é o melhor que você pode fazer. E finalmente, parece clichê, mas o carinha perfeito pra você tá logo ali, vai ser fácil e bom. Tenho certeza!

 

 

Tags : ele não está tão afim de vocêNetflixrelacionamentotelefone
Carolina Aguiar

Sobre Carolina Aguiar

Estudante de comunicação, apaixonada por animais, café e atitudes. Decidida, tem uma personalidade mais forte do que os cafés que ela gosta. Sonhadora, desbocada e com um coração enorme. Amante de esporte, vídeo game e devaneios em uma mesa de bar. Vive aí pra contar suas histórias e cotidiano.