fechar
Coeur-de-Pirate-©-Etienne-Saint-Denis
@Étienne Saint-Denis

Já ouviu música em francês? Não? Cœur de Pirate é um ótimo ponto de entrada.

Béatrice Martin, nome real da cantora, é quebequense e começou a tocar piano com 3 anos de idade. Após passar por algumas bandas underground, ela lançou seu primeiro álbum, também intitulado Cœur de Pirate, em 2007. Desde então foram 3 outros álbuns, inclusive a trilha sonora do videogame Child of Light (2014), pela Ubisoft. Em 2016, a cantora assumiu-se queer após o tiroteio na boate Pulse, em Orlando.

A cantora Canadense é um dos maiores expoentes da música francófona (em língua francesa) contemporânea. Com canções melódicas que vão do extremamente fofo ao sinistro e melancólico, suas composições são marcantemente únicas, e se você estiver disposto a ler a tradução das letras – ou falar francês – vai encontrar letras que falam de amor fugindo dos clichês dos gêneros românticos atuais. Abaixo, eu selecionei pra vocês 12 músicas, divididas em álbuns, que capturam uma imagem da música dela, inclusive alguns bônus em inglês.

Amusez-vous bien! 🙂

Cœur de Pirate (2007)

O álbum de estréia trouxe, com melodias simples, o estilo que estaria presente dali em diante em suas músicas. Bastante romance ao som de instrumentações agradáveis e tranquilas, com predominância do piano e violão.

  • Comme des Enfants
    A definição da música “fofa”. Premiada na 25ª edição do Victoires de la Musique, na França.
  • Printemps
    Animada e alegre, ao som de violão e piano, a letra na verdade é bem triste. Fala sobre amor não correspondido.
  • Fondu au Noir
    Com um ritmo melódico e sinistro, essa música combinaria bem com uma animação do Tim Burton.

Blonde (2011)

Provavelmente a obra prima de Cœur de Pirate, embora seja difícil dizer com tantas músicas boas. A obra evolui para melodias mais complexas e variadas, ainda marcadas pela letra profundamente poética.

  • Place de la République
    Mais romântico, impossível. Uma poesia sobre se despedir do seu amor e lembrar de tudo.
  • Adieu
    Animada. Dedique essa música àquela pessoa que você amou, mas foi babaca com você.

    “Mas diga-me adeus amanha
    Mas me diga adeus no caminho
    Vá ver os outros, eu não ligo
    Eu amei você, mas te garanto que é o fim”

    É a sofrência francesa. Ps.: Vale a pena ver o clipe.

  • Verseau
    Com uma batida bem alegre, a letra é linda e fala sobre o amor imperfeito. “Verseau” é o signo de Aquário em francês.
  • Saint-Laurent
    Uma das mais belas instrumentações de Cœur de Pirateessa música é uma bela pedida pra escapar do mainstream.
  • Ava
    Com uma inspiração bem “anos 50”, Ava na verdade é uma conversa com uma garota que namora om um cara mais velho que se aproveita dela. Fala sobre se libertar de homens que te aprisionam com falsas promessas de amor.

Roses (2015)

Com um toque techno e batidas ainda mais marcadas, esse álbum se diferencia por trazer também letras em inglês. Teve também um significado mais profundo para a cantora, que cita influência do nascimento de sua filha em fazer das suas composições mais otimistas e menos sombrias.

  • Cast Away
    Uma das melodias mais belas do álbum, a letra fala sobre se dispor a ajudar a pessoa que você ama.
  •  Our Love
    A narração da parte mais difícil da superação, com uma batida marcada e viciante.
  • Drapeau Blanc
    Representa a parte mais techno do álbum com sua melodia. A cantora declarou numa entrevista para o jornal canadense “The Star” que a música foi composta para narrar seu complicado relacionamento com a mãe.
  • Oceans Brawl
    O “hino” do álbum, Oceans Brawl fala sobre finalmente encontrar forças para lutar contra o sentimento que te prende à alguém que não te faz bem. É uma canção sobre superação.

Bônus:

  • Last Christmas
    A versão de Cœur de Pirate de uma música popular de Natal americana. Ótima para ouvir em qualquer época do ano, na verdade.

 

Tags : Canadácantorascantoras canadensescoeur de piratefrancofoniamúsicamúsica em francêsmúsica francesamúsica francófonapopularworld music
Victor Andrade

Sobre Victor Andrade

Escritor. Estuda Escrita Criativa e a arte de ser um adulto funcional.

Responder