fechar
01-selena-gomez-vogue-april-2017

Sabemos que nossa querida Selena passou por maus bocados ano passado. Em um estilo mais caseiro e informal, mostrando um lado seu bastante sincero, ela falou sobre suas crises e a pausa na carreira no ano passado. Junto com uma sessão de fotos lacradora a cantora soltou o verbo e desabafou em um a entrevista à revista Vogue.

“As pessoas queriam tanto que eu fosse autêntica e quando isso aconteceu, finalmente, foi uma liberação enorme. Eu não sou diferente do que eu mostro. Eu tenho sido muito vulnerável com meus fãs, e às vezes eu digo coisas que eu não deveria. Mas eu tenho que ser honesta com eles. Eu sinto que é uma parte enorme de porque eu estou onde eu sou.”

Ela falou sobre seus milhões de seguidores no Instagram:

“Assim que eu me tornei a pessoa mais seguida no Instagram, eu surtei. Me consumia. Eu acordava pensando nisso e dormia pensando nisso. Estava viciada e sentia que estava vendo coisas que eu não queria ver, estava colocando coisas na minha cabeça que eu não queria me preocupar. Sempre que me sentia mal quando eu estava olhando o Instagram. Foi por isso que eu me afastei um pouco.”

Ano passado depois das turnês americana e asiática, faltando mais de 30 shows remanescentes, ela se internou em um clínica de reabilitação:

“Você não tem ideia de o quão bom foi estar apenas com seis garotas reais, gente normal que não dava a mínima para quem eu era, que estavam apenas lutando pelas suas vidas”, conta. “Foi uma das coisas mais difíceis que eu já fiz, mas também foi a melhor coisa que eu já fiz.”

“Turnês são muito solitárias pra mim. Minha auto-estima estava abalada. Eu estava deprimida, ansiosa. Comecei a ter ataques de pânico logo antes de subir ao palco, ou então logo após sair dele”, revela. “Basicamente eu sentia que eu não era boa o bastante, que eu não era capaz. Sentia que eu não estava entregando nada para os meus fãs, e que eles conseguiam perceber isso.”

“Eu estava tão acostumada a me apresentar para crianças. De repente, eu tenho crianças fumando e bebendo em meus shows, pessoas em seus 20, 30 anos, e eu estou olhando em seus olhos, e eu não sei o que dizer. Eu não podia dizer ‘Todo mundo, vamos dedo mindinho de promessa que você são lindos!’. Não funciona assim, e eu sei porque estou lidando com a mesma coisa que eles. O que eu queria dizer ali é que a vida é tão estressante, que eu tenho a vontade de escapar dela. Eu não estava conseguindo lidar comigo mesma, então sentia que não tinha nenhuma sabedoria para compartilhar. E aí eu achava que todos pensavam que estar ali era uma perda de tempo.”

A matéria e capa na íntegra estarão na edição de Abril da revista Vogue.

Tags : Entrevistaselena gomezVogue
Carolina Aguiar

Sobre Carolina Aguiar

Estudante de comunicação, apaixonada por animais, café e atitudes. Fotógrafa por amor e profissão. Decidida, tem uma personalidade mais forte do que os cafés que ela gosta. Sonhadora, desbocada e com um coração enorme. Amante de esporte, vídeo game e devaneios em uma mesa de bar. Acredita que quem quer dá um jeito e solidão não é sinônimo de sozinha. Vive aí contado suas histórias e cotidiano.

Responder