fechar
the-people-vs-oj

Foi ao ar ontem pelo canal de TV a cabo FX, o último episódio da primeira temporada de ‘American Crime Story: The People vs O.J. Simpson’. A série criada por Ryan Murphy (Glee) é derivada da famosa série de horror ‘American Horror Story’, e segue o mesmo estilo de exibição, cada temporada uma história diferente. Nessa primeira temporada, baseada em fatos reais, a história contada foi a do ex jogador de futebol americano O.J. Simpson, que em 1994 foi acusado de assassinar sua ex mulher Nicole Brown e seu amigo Ronald Goldman. Na época o caso ganhou uma repercussão enorme, dentro e fora do país.

Oj-Simpson

Enquanto a promotoria acusava O.J. de matar a sangue frio Nicole e Ronald, a defesa alegava que o réu foi vitima de armação por parte de um grupo de policiais racistas. Naquela época a policia de Los Angeles era acusada de inúmeros crimes contra negros. O detetive da policia de Los Angeles Mark Fuhrman, foi quem encontrou os corpos de Nicole e Ronald. Ele chegou sozinho a cena do crime, e mais tarde durante o julgamento, foi acusado pela defesa de ter plantado evidencias contra O.J. e modificado a cena do crime com o intuito de incriminar o ex jogador. Os argumentos dos advogados de Simpson ficaram ainda mais fortes, após uma gravação onde Fuhrman expressa seu ódio pelos negros ser divulgada no tribunal. Na fita é possível ouvir o detetive ofendendo e manifestando seu ódio por pessoas negras. Em um dos trechos ele diz:

“Eu costumava recolher grupos negros e leva-los até uma estação abandonada, lá nos batíamos neles sem ao menos perguntar se eles fizeram algo, depois jogávamos eles das escadas”

Mark-Fuhrman

A partir do momento em que essas fitas chegaram ao poder do tribunal, o julgamento de O.J. mudou de rumo. Mesmo com todas as provas apontando Simpson como assassino, a promotoria começava a enfraquecer. O juri popular, composto em sua maioria por pessoas negras, ficou extremamente dividido, e foi a partir dai, que os advogados da defesa começaram a trabalhar com o lado emocional, uma estratégia que eles acreditariam que poderia salvar O.J. da prisão.

No episódio final de ‘American Crime Story’, os membros da promotoria Marcia Clark (Sarah Paulson) e Chris Darden (Sterling K. Brown), fazem um apanhado de todas as irrefutáveis provas contra O.J. Simpson (Cuba Gooding, Jr). As provas são apresentadas ao juri popular. Já a defesa, liderada por Johnnie Cochran (Courtney B. Vance), apela para o lado emocional, usando do argumento que Mark Fuhrman incriminou O.J. assim como todos os dias policiais corruptos e preconceituosos, incriminam negros inocentes nas ruas de Los Angeles. Ao final do discurso ele encoraja o juri a mandar um recado para a policia de Los Angeles, inocentando O.J. eles mostrariam uma vitória do povo negro contra a policia racista da cidade.

Marcia-Clark

O julgamento está chegando ao final, aquela teria sido a penúltima audiência, a próxima seria com o veredito final. Simpson retorna para a prisão aguardando o desfecho. Promotoria e defesa esperam tirar um descanso enquanto aguardam a deliberação do juri. Alguns planejam até uma férias enquanto a deliberação que costuma demorar mais de um mês é feita. Porém, após apenas 4 horas do final da penúltima audiência, promotoria, defesa e réu são acionados novamente. O juri já tinha um veredito.

Ver para crer! Esse ditado se encaixa perfeitamente nesse contexto. Por se tratar de uma história real, muita gente já sabia qual foi o veredito final nesse caso. Porém muitos foram pegos de surpresa por não conhecerem a história muito bem ou até mesmo nunca ter ouvido falar da história. Se você ainda não viu a série e não quer spoiler, não veja o vídeo abaixo com o veredito final de O.J. Simpsons.

A série foi a todo momento extremamente fiel a história real, inclusive nas falas e movimentos dos personagens. Vídeos do caso real são encontrados aos montes no youtube, e ao compara-los com as cenas da série, podemos ver o cuidado que Ryan e os atores tiveram ao apresentar tudo da forma mais real possível.

Sarah Paulson merece destaque por sua atuação e caracterização impecáveis. A própria Marcia Clark (real) elogiou diversas vezes e revelou que chorou em diversas cenas da série, pois estava sendo extremamente fiel não só ao julgamento de O.J. mas também aos dilemas que ela enfrentava em sua vida pessoal.

A série chegou ao fim, e uma segunda temporada já é dada como certa e muito aguardado. O sucesso nos EUA foi enorme. Aqui no Brasil, ‘American Crime Story: The People vs O.J. Simpson’ foi exibida pelo canal FX, e agora será publicada em livro pela editora DarkSide, conforme noticiamos aqui.

 

Tags : american crime storyAmerican Crime Story: The People vs O.J. SimpsonRyan MurphySarah Paulson
Lucas Gabriel

Sobre Lucas Gabriel

Lucas, 20 anos. Obcecado por Harry Potter e Jogos Vorazes. Leitor, exigente para séries, viciado em filmes e música. Sonha em ser um grande jornalista ou produtor de TV e Cinema. Amo viajar e pretendo conhecer o mundo inteiro.