fechar
lena-meyer-landrut-13475
Divulgação

Se você gosta de música que te deixa alegre e dançando, vem cá abrir seu presente.

Conheça Lena: Com um estilo contagiante e uma personalidade forte, ela foi campeã do Eurovision 2010 com o single “Satellite”. Apesar dos hits dançantes, com batidas bem marcadas e baixos envolventes, Lena também se sai bem em músicas mais tranquilas e românticas. Em seus 4 álbuns, é fácil ver que sua voz é versátil, adapta-se bem a diversos estilos. Seu sotaque (apesar de cantar em inglês, Lena é alemã) foi suavizando-se ao longo dos álbuns; outra mudança veio com o álbum Crystal Sky, onde a cantora parece ceder à pressão do mainstream e perde um pouco da originalidade que faz das músicas dos primeiros álbuns tão irresistíveis.

Vamos ver agora o que faz de Lena tão especial:

My Cassete Player

O álbum de estréia tem Satellite, seu primeiro hit, e outras faixas que mostram o quão envolvente Lena pode ser. É aqui que o sotaque dela mais se destaca (em algumas músicas mais do que em outras). Com letras românticas e descontraídas predominando em todos os álbuns, vou aqui deixar como dica as que acho que vão te prender de primeira.

  • Satellite
    Canção vencedora do Eurovision 2010.
  • Not Following
    Um som bem gostoso de ouvir, com instrumentação chamativa e com destaque para os belos vocais.
  • Bee
    Dá quase pra ouvir ela sorrindo no começo da música. Sério!

Good News

Em Good News, fica mais aparente o lado romântico da cantora. Os destaques vão para:

  • I Like You
    Com uma melodia linda e uma pitada de folk, acaba sendo uma faixa única entre a discografia da cantora.
  • That Again
    Bem instrumentada e com uma certa vibe retrô, a faixa chama a atenção no álbum por lembrar mais as músicas de “My Cassette Player”.
  • Good News
    Trazendo um pouco do jazz/soul que aparece constantemente no plano de fundo das composições de Lena, a faixa que dá nome ao álbum é bem gostosa de escutar.

Stardust

Meu favorito dentre todos, Stardust mostra todo potencial que Lena tem para todos os gêneros nos quais ela consegue se inserir.

  • Pink Elephant
    Por favor, comece por aqui. Pink Elephant é viciante em sua melodia e vai te fazer querer escutá-la várias e várias vezes.
  • Neon (Lonely People)
    Se música fosse gastronomia, Neon seria um Risotto de Amy Whinehouse ao molho de The XX com infusão de Of Monsters And Men. Ou não. Eu não entendo muito de gastronomia.
  • I’m Black
    Para encerrar, I’m Black tem uma batida sensacional e um refrão que vai grudar na sua cabeça feito chiclete.

Crystal Sky

Crystal Sky é basicamente um bom álbum pop de 2015. Não tem muito de Lena, só o talento – mas isso por si só faz valer a pena dar uma conferida.

  • Traffic Lights
    Nº4 no Top 5 do Spotify, Traffic Lights é perfeita pra dançar e animar com a galera, com uma batida incansável e um refrão bem catchy.
  • Beat to My Melody
    A música mais balada de toda a discografia de Lena. As modulações vocais nos deixam distante da voz original da cantora, mas ainda assim o ritmo é interessante.
  • Crystal Sky
    A música que dá título ao álbum é a que mais parece com a raiz da música de Lena, mas ainda assim com a instrumentação mais eletrônica característica do álbum.

A cantora atualmente está trabalhando num novo álbum, do qual já conhecemos o single Lost in You. Por enquanto, divulga esse tesouro pouco conhecido da música do mundo! E até a próxima semana.

Spotify:  https://open.spotify.com/artist/5slpk6nu2IwwKx0EHe3GcL

Tags : EurovisionJazzLenaMúsica do MundopopularSatelliteSoul
Victor Andrade

Sobre Victor Andrade

Escritor. Estuda Escrita Criativa e a arte de ser um adulto funcional.

Responder