fechar
Masterchef-beco-literário

Adivinha o que teve ontem no Masterchef Brasil? Isso mesmo, prova em grupo!  De novo! Dessa vez todo o pessoal do reality viajou para o centro oeste do Brasil, até a Serra da Cantareira. Déborah, por ganhar a prova da semana passada, obteve uma vantagem que foi diferente dessa vez: ao invés de se tornar líder de alguma equipe, ela pode decidir quem seriam os capitães dos dois grupos.

Para liderar seu time, Déborah escolheu Victor Vieira. Para liderar o time inimigo, o azul, escolheu Mirian, que tem causado problemas nas provas de grupo até agora.

Para que os cozinheiros se familiarizassem com os ingredientes e pratos regionais, eles puderam provar receitas trazidas por vários chefs, cada um de um Estado do centro oeste. Os participantes tiveram que preparar prato principal e sobremesa para 60 pessoas.

O grupo azul, liderado por Miriam, fez toda a prova em um clima tenso. Fabrizio foi o que mais se desestabilizou com a liderança, discordando da capitã do começo ao fim. Os outros cozinheiros do time também tiveram problemas com ela, que inclusive não conseguiu nem cozinhar mandioca.

No prato principal os problemas começaram antes mesmo da questão do sabor: do lado da equipe vermelha, dois pratos foram devolvidos, um com um bichinho e outro com um cabelo. Um prato da equipe azul teve que ser devolvido também, por conta de um fio encontrado na comida. O fato de estarem cozinhando ao ar livre aliviou um pouco a bronca, mas Jacquin ameaçou parar a cozinha se aquilo se repetisse.

No fim todos conseguiram entregar os pratos e a equipe vermelha ganhou de novo, e de lavada. Foram 58 votos a 2, além do voto dos Chefs Convidados, que também foi pra eles.

A equipe azul foi para a eliminação, depois de uma boa lavada de roupa suja diante dos jurados. E o desafio do dia foi truta! O peixe poderia ser feito de qualquer forma, mas o molho e uma guarnição eram obrigatórios, e tudo em 45 minutos de prova.

Como vem acontecendo, os cozinheiros utilizaram até o último segundo de prova para finalizar seus pratos, mas dessa vez todos conseguiram entregar. Aderlize me deixou com medo, porque parecia meio perdida durante a prova, mas fez um prato incrível e impressionou os jurados. Jacquin chegou a dizer que “amou”. Parabéns pra ela!

Miriam foi chamada pelos jurados logo depois de Aderlize, e apresentou um prato quase igual, utilizando maracujá e um purê de mandioquinha. O da Miriam não estava ruim, mas não bateu o de Aderlize.

Os três melhores foram Yuko, Miriam e Aderlize. Isso mesmo, a mala da Miriam se deu bem. Mas a grande vencedora foi Aderlize.

Os piores pratos da semana foram os de Leonardo, Caroline e Michele. O pessoal do mezanino estava querendo que o Léo saísse, já que dos três ele parecia representar o maior perigo, mas quem se despediu da competição dessa vez foi Caroline.

Lembrando que semana que vem teremos mais uma caixa misteriosa! Até lá!

Caroline se despedindo após eliminação (créditos: https://twitter.com/masterchefbr)
Tags : BandCarosellafeaturedMasterchefMasterChefBR
Karina Constancio Sanitá

Sobre Karina Constancio Sanitá

Araraquarense, quase cientista social.

Responder