fechar
amigo virtual

É, minha gente, mais uma vez Mark Zuckerberg nos mostra que ter uma auto estima lá em cima é tudo! Quem hoje não acordou com aquele videozinho fofo do dia do amigo no Facebook e pensou: hoje é o dia do amigo, vou dar parabéns para todos os meus amigos? Pois é, mas hoje não é o dia do amigo. O QUE? COMO ASSIM? O FACEBOOK DISSE QUE É! Expliquemos: o dia do amigo é comemorado internacionalmente pela ONU no dia 30 de julho e, no Brasil, no dia 20 de julho. Então, nos perguntamos: de onde raios o Facebook tirou de comemorar o tal dia em fevereiro? É aí que entra a grande auto estima de nosso amigo Zuckerberg. Ele acha que o dia do amigo deveria ser mudado para o dia de criação do Facebook (4 de fevereiro) e resolveu começar essa mudança comemorando sozinho, ou melhor, ele mais todos os milhões de adeptos da rede social.

Se você está se sentindo enganado e pensa em retirar seus votos de felicidades aos seus amigos, não faça isso. No fim das contas, é só um dia a mais criado para comemorarmos a presença de pessoas especiais em nossas vidas e celebrarmos a amizade. Aliás, quem não gosta de compartilhar um videozinho nostálgico do Facebook? Para entrar no clima e não perder a oportunidade, o Beco criou uma listinha de 5 livros para comemorar o dia que, talvez, podemos chamar de “dia do amigo virtual“.

1 – Byte Coração, Rita Espeschit

Em Byte Coração, a autora, já a partir do título, cativa o leitor por sua criatividade. O adolescente Pedro, por curiosidade, entrou em uma sala de bate-papo na internet. Escolheu um nome que impunha respeito, Teseu, o herói mitológico que matou o Minotauro. Conheceu, então, Renata que, por coincidência, usava o apelido de Ariadne, a filha do rei de Creta que ajudou o herói a matar o terrível monstro. Nasce entre eles um relacionamento afetivo saudável e prazeroso, alimentado, a princípio, só pelas conversas no chat e pelos e-mails.

O navio velejava, portanto, em mares calmos e previsíveis só que, aos poucos, Teseu e Ariadne começaram a se sentir envolvidos demais para continuarem só na tela. O que significava, sem dúvida, tempestade à vista no horizonte. Uma história que não se limita apenas ao ciberespaço. Resgata a mitologia e traz para a sala de aula a reflexão sobre muitos temas pertinentes à vida real dos adolescentes.

2 – Simplesmente acontece, Cecelia Ahern

O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas?
Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

3 – romeu@julieta.com.br, Telma Guimarães Castro Andrade

Garoto viciado em internet se mete em confusão ao conhecer seus amigos virtuais. Metallica é o apelido que Romeu usa para conversar nas salas de bate-papo, sua maior diversão na internet. As conversas deixam entrever seu cotidiano: a escola, a banda, a rixa com as irmãs, o clima em casa. Certo dia, ele resolve conhecer Madonna pessoalmente: que decepção! Mas as surpresas não param por aí… No final do volume há uma lista de links interessantes que a turma do Metallica acessa e por onde os jovens podem navegar.

4 – Geek love: o manual do amor nerd, Eric Smith

Atenção, Player 1: você está prestes a embarcar na quest da sua vida. Este livro é para quem está cansado de viver a vida no single player mode. Este livro é para quem percebeu que todas as temporadas de Doctor Who não conseguem abafar aquele insistente sentimento de falta.

Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros.

Não se desespere, jovem Padawan! Deixe Smith guiá-lo por esse caminho e descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos.

5 – Fangirl, Rainbow Rowell

Cath é fã da série de livros Simon Snow . Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real.

Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

 

 

Tags : dia do amigodia do amigo virtualfacebook
Fernanda Brito

Sobre Fernanda Brito

Paulista do interior vivendo o sonho da cidade grande. Estuda Tradução e sempre vai sofrer com a tal da "equivalência". Gosta de rock, pop e tudo que soar legal. Lê de tudo, mas prefere ficção, fantasia e romance. Adora assistir as adaptações dos livros e ficar comentando tudo que saiu errado.