fechar
Autorias

Autorias: Dez anos, Rafaela Donadone

Pai-e-filha

Pai,

Pouco antes de você morrer, você me fez uma pergunta. Depois de nos mudarmos, e de eu ganhar um quarto como sempre quis você me perguntou “o que mais você podia querer pra ser feliz?”. Eu, no auge dos meus 15 anos, listei inúmeras coisas fúteis que queria na época e que hoje nem lembro mais o que eram, mas lembro da decepção em seus olhos com minha resposta. Há anos essa pergunta me atormenta, porque queria muito mudar minha resposta. Em minhas orações eu sempre refazia esse momento na minha cabeça mudando o final pra “Eu tenho você e minha mãe, eu não preciso de mais nada, pai. Obrigada”. Acho até que o senhor tá cansado de ouvir isso daí de cima né, pai?


Hoje, se você me perguntasse novamente o que mais eu podia querer pra ser feliz, meu primeiro impulso seria imediatamente dizer “você”. Mas na verdade minha resposta continua sendo “nada”. Eu não preciso de mais nada, porque todo o amor que você me deixou antes de partir é suficiente para uma vida inteira. Obrigada por isso.
Hoje são dez anos sem você aqui. Espero que você esteja sendo feliz em sua jornada e espalhando amor por onde passa. Com saudades,

Sua filha.

Rafaela Donadone

Sobre Rafaela Donadone

Rafaela Donadone tem 24 anos e divide seu tempo entre suas paixões por séries e livros. Nas horas vagas faz Medicina, na esperança que um dia sua vida se torne um episódio de Greys Anatomy.